Publicidade

quarta-feira, 25 de março de 2015 São Paulo | 11:53

Ataíde Guerreiro diz que deixa o São Paulo, se time não atingir meta estabelecida

Compartilhe: Twitter

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, estabeleceu metas para todos os departamentos do clube.

Quem não atingir os números estabelecidos pelo mandatário, deixará seu cargo diretivo.

Isso também vale para quem manda no futebol do tricolor.

“Estabelecemos o objetivo de alcançar 65% dos pontos disputados até o fim da temporada. Se o time não conseguir este aproveitamento, saio da diretoria”, afirmou Ataíde Guerreiro ao blog.

Em 2014, o São Paulo foi vice-campeão brasileiro com 61% de aproveitamento.

Ataíde tem sido pressionado por torcedores, após criticar o comportamento dos são-paulinos sobre a fraca presença de público em jogos no Morumbi.

No entanto, o dirigente é adorado pela comissão técnica e jogadores, por blindar o CT e o vestiário.

Autor: Tags: ,

2 comentários | Comentar

  1. 52 Carlos Alberto Sá 29/03/2015 15:15

    Amigo, queira me desculpar a minha maneira de pensar. Sou realista, ou seja, não pinto nada, eu tiro a tinta, aliás faz parte da liberdade es expressão, conquanto que não diga palavrão ou ofenda a moral de quem quer que seja.

    Responder
  2. 51 Carlos Alberto Sá 29/03/2015 15:11

    Me dá uma ponta amigo. A seleção brasileira mudou de nome e sabe qual é o seu nome? Começar de novo. Pior é que começa mais não termina. A seleção dos amistosos.

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios