Publicidade

quarta-feira, 29 de julho de 2015 São Paulo | 11:08

Reunião do Conselho do São Paulo teve cala a boca para dirigentes

Compartilhe: Twitter

A reunião do Conselho Deliberativo do São Paulo teve momentos de discussão acalorada entre nomes influentes do clube, nesta terça-feira.

O presidente do Conselho, Carlos Eduardo Barros e Silva, mandou Ataíde Guerreiro e Júlio Casares calarem a boca num início de debate.

Houve protestos e gritos em altos brados, gerando tensão no encontro. Alguns conselheiros condenaram a atitude de Leco, que deixou o recinto antes do final da reunião.

“É preciso respeitar a gestão atual. O São Paulo está fragmentado politicamente”, afirmou Mauro Castro, membro da oposição.

Casares nega a versão de alguns. “Isso jamais aconteceria. Houve uma discussão normal entre Leco e Ataíde, mas sem cala a boca. Não é o perfil do Leco”, ressaltou.

Ataíde Guerreiro, vice-presidente de futebol, saiu do Morumbi bastante irritado e preferiu não dar entrevistas.

Leonardo Serafim, diretor-jurídico, minimizou os conflitos políticos e admitiu a delicada situação financeira do tricolor. “É difícil como a de todos os clubes brasileiros”, concluiu.

O empresário Abílio Diniz esteve presente e sugeriu uma governança corporativa, sem indicar a criação de um fundo de investimento para o São Paulo.

O novo diretor-geral, Alexandre Bourgeois, foi apresentado e vai comandar executivos nas principais áreas do clube, com metas a serem atingidas.

O pagamento da polêmica comissão de R$ 18 milhões pelo contrato da Under Armour, fornecedora de material esportivo, passou pelo crivo dos são-paulinos.

“A comissão do Jack passou”, ironizou José Mansur, braço-direito do ex-presidente Juvenal Juvêncio. Jack é o nome do titular da empresa com sede na Austrália, responsável pelo recebimento da comissão.

O presidente Carlos Miguel Aidar não quis falar com o blog para comentar o encontro e a proposta do Monaco pelo meia Boschilia.

Autor: Tags: , ,

3 comentários | Comentar

  1. 53 Kleber 30/09/2015 9:05

    Este blog acabou? Ta abandonado, já não era bem ativo, agora se perdeu de vez.

    Responder
  2. 52 Roberto Alves Junior 07/08/2015 13:27

    Praetzel te considero um dos melhores repórteres esportivos desse país. Você é um excelente profissional. Fiquei muito triste com sua saída brusca e repentina da Rádio Bandeirantes. Te desejo muita sorte e que DEUS ilumine seus caminhos. Forte abraço.

    Responder
  3. 51 eduardo roberto 29/07/2015 17:49

    queria parabenizar alexandre praetzel, pelo belissimo trabalho;;;

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios