Publicidade

Arquivo da Categoria Bastidores

terça-feira, 21 de junho de 2016 Bastidores | 12:44

A política de Tite na CBF

Compartilhe: Twitter

Conheço Tite há 21 anos e fiz várias entrevistas com ele, no início do seu trabalho como técnico, em 1995.

Ali, já víamos um profissional obcecado pelo conhecimento e crescimento na carreira.

Sua chegada à Seleção Brasileira é um merecimento pela trajetória e profissionalismo. Literalmente, é a bola da vez.

No entanto, me surpreendeu sua presença entre Marco Polo Del Nero e Cel. Nunes, dois “políticos” profissionais no comando da CBF, entidade que pensa em tudo, menos no crescimento do futebol brasileiro.

Tite assinou um manifesto pedindo a renúncia de Del Nero, em dezembro, e seis meses depois abraçou o cidadão.

Realmente, uma mudança radical de pensamento e postura perante a chance de realizar um sonho.

Respondeu todas as perguntas, mas foi extremamente cauteloso e político para não criticar seu novo comandante.

Acho que Tite levará o Brasil à Copa do Mundo 2018, mas sua figura ligada à Del Nero e o nefasto grupo que dirige a CBF, ficará marcada para sempre. Ganhando ou perdendo. Uma pena.

 

Autor: Tags:

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016 Bastidores | 09:55

Primeira Liga é a esperança para independência do futebol brasileiro

Compartilhe: Twitter

A Primeira Liga Sul-Minas-Rio começa neste dia 27 de janeiro como uma esperança para a independência dos clubes no futebol brasileiro.

Ninguém aguenta mais jogar torneios deficitários apenas para beneficiar federações estaduais e CBF.

Estas entidades visam apenas o lucro dos borderôs e não entregam nada aos clubes, verdadeiros protagonistas do país.

Os campeonatos estaduais deveriam ser disputados pelos times do interior durante o ano, com suporte financeiro das federações, incentivando as rivalidades locais e colocando os melhores para o enfrentamento com os “grandes” em fases finais.

A CBF ficaria com a Seleção Brasileira, deixando os campeonatos nacionais nas mãos de executivos profissionais encarregados das questões financeiras e estruturais das novas Ligas em parcerias com os principais times brasileiros, divididos em cinco ou seis divisões.

Claro que é só o começo a toque de caixa, mas o principal ingrediente da Primeira Liga é o político, marcando terreno e posicionamento e deixando um recado: podemos sim fazer nosso campeonato.

Torço pelo sucesso do torneio e espero que os paulistas se associem a este movimento, aumentando a força do futebol brasileiro e fortalecendo quem deve estar no topo.

 

 

Autor: Tags:

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 Bastidores | 09:43

Degradação do Brasil chegou ao futebol

Compartilhe: Twitter

A degradação do Brasil chegou ao futebol.

A falta de decência dos nossos políticos, aliados aos escandâlos intermináveis de corrupção, falindo educação, saúde, transportes e segurança pública atingiu também o maior esporte do país.

Estádios superfaturados e com “torcedores” preparados para os conflitos e batalhas campais, dentro e fora do campo.

Dirigentes acobertando grupos e subsidiando ingressos para ganhar votos e subir a popularidade.

Sou da época em que chegávamos ao local do jogo, sem nenhum problema. Brincávamos com adversários e ríamos das provocações.

Jogos com 50% da capacidade para cada time. Bandeiras e festas. Emoção antes e depois do apito.

Hoje, vestir a própria camisa é crime para os extremistas e fundamentalistas uniformizados.

A torcida única em clássicos paulistas precisa ser testada pela barbárie dos últimos tempos. Não há mais espaço para quebra-quebras, depredações e rinhas de humanos contra o bem-estar das pessoas do bem.

Nenhum ser humano de verdade em sã consciência aceitaria ver partes da sua casa destruídas, apenas por um sentimento diferente.

É hora de tentar algo diferente. Já que não temos mais nenhuma proteção, vamos à luta contra os irracionais.

Mesmo que ainda tenhamos que assistir a lavagem de mãos de quem deveria nos proteger.

 

Autor: Tags: , , ,

domingo, 16 de novembro de 2014 Bastidores | 12:14

Tite entre Inter e Corinthians para 2015

Compartilhe: Twitter

Tite está entre Inter e Corinthians para 2015.

O técnico foi procurado pelo candidato à presidência do Inter, Vitório Píffero, para comandar o time, caso ele vença a eleição.

Tite gostou do quê ouviu, mas vai conversar também com Roberto de Andrade, candidato à presidência do Corinthians.

Roberto elegeu a volta de Tite como prioridade para seu projeto de gestão.

A reunião será nos próximos dias, em São Paulo.

A certeza é o retorno do técnico ao futebol brasileiro, escolhendo onde trabalhar.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 Bastidores | 15:00

Aidar diz que não conhece revelação do Palmeiras e quer distância do rival

Compartilhe: Twitter

O atacante Gabriel Fernando de Jesus, revelação do Palmeiras, ainda não renovou contrato com o clube.

O garoto de 17 anos é considerado uma das maiores promessas da Base palmeirense, nos últimos anos.

No entanto, algumas pessoas da diretoria dizem que o menino não renovou porque o São Paulo estaria atravessando a negociação.

O presidente Carlos Miguel Aidar foi enfático, em contato com o blog.

“Não conheço o jogador e nem sei quem é. Não tenho nada a ver com isso e quero distância do Palmeiras”, afirmou.

São Paulo e Palmeiras estão em rota de colisão,  desde a ida de Alan Kardec para o tricolor. Paulo Nobre e Aidar discutiram e romperam relações.

Procurados, os representantes de Gabriel não atenderam as ligações.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 24 de outubro de 2014 Bastidores | 12:33

STJD contribui muito para o descrédito do futebol brasileiro

Compartilhe: Twitter

O STJD interfere demais no futebol brasileiro e aumenta o descrédito do maior esporte do país.

Primeiro, condenaram Petros do Corinthians a 180 dias de suspensão por agressão ao árbitro Raphael Claus e reduziram a pena no Pleno do STJD para três partidas.

Depois, abriram um precedente perigoso ao permitir que o Palmeiras fizesse um acordo com o órgão, escolhendo o jogo de punição para Valdívia, aplicando uma pena pecuniária ao atleta para ele enfrentar o Corinthians e não passar por novo julgamento.

Agora, absolveram Guerrero em primeira instância no caso envolvendo o peruano contra o árbitro Leandro Bizzio Marinho e depois marcaram novo processo, após denúncia do procurador Paulo Schmit.

Guerrero foi suspenso por três jogos no Pleno, mas o presidente Caio Rocha acaba de reduzir a pena para dois jogos, mesmo com a decisão em última instância.

Uma confusão absurda, misturada a trocas de um dia para o outro.

Guerrero não enfrenta Palmeiras e Coritiba, mas estará em campo diante do Santos.

Alguém ainda acredita no STJD? Mais uma instituição falida no Brasil.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 Bastidores | 13:41

Integrante do “pacote” do Barcelona treina em separado no Santos

Compartilhe: Twitter

Quando Neymar foi negociado com o Barcelona, o Santos deu prioridade de compra ao clube espanhol por mais três revelações santistas.

Os atacantes Gabriel, Victor Andrade e Giva foram os escolhidos.

O primeiro é realidade como titular do Santos, com boa média de gols e contrato renovado por cinco anos.

Victor Andrade surgiu como grande promessa, mas nunca se firmou e saiu de graça para o Benfica, onde não está sendo aproveitado.

O caso mais curioso é o de Giva. Considerado bom jogador por todos, o garoto treina em separado por problemas disciplinares e descrédito de Enderson Moreira.

Após um jogo do Brasileiro, Giva não foi relacionado e disparou contra todo mundo no clube. O gerente de futebol, Zinho, perguntou a Enderson se ele gostaria de aproveitar o menino e Enderson o descartou imediatamente.

Aos 21 anos, Giva termina seu contrato em dezembro e será liberado.

Será que foi o Barcelona que pediu ou foi o Santos que incluiu dois jovens que caíram em descrédito no próprio clube, depois da confusa negociação de Neymar?

Dos três, só Gabriel tem alguma chance de acompanhar Neymar na Catalunha. Fato.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 16 de outubro de 2014 Bastidores | 12:16

Palmeiras e Adidas não entram em acordo e clube deve ter novo fornecedor de material esportivo

Compartilhe: Twitter

Após várias reuniões entre as duas partes, Palmeiras e Adidas não chegaram a um acordo sobre a renovação de contrato de fornecimento de material esportivo.

Assim, o Palmeiras deve fechar com outra empresa até o final do ano, para patrocinar o clube, a partir de 2015. Umbro, Puma e a norte-americana Under Armour aparecem como candidatas.

Com a saída da Adidas do Palmeiras, o São Paulo pode ser favorecido. O tricolor tem um acordo verbal de cinco anos com a Puma, mas pode pender para o lado da Adidas, interessada anteriormente no tricolor.

Na ocasião, o São Paulo não aceitou receber menos do quê o Palmeiras por parte da empresa alemã. Agora, o quadro mudou.

 

Autor: Tags: , , ,